Evidences RPG
Seja Bem-Vindo ao Evidences RPG.

Um fórum do Mundo de Harry Potter que envolve mistério, suspense e acima de tudo magia.

Se já é um membro, faça o login, se ainda não é, registre-se.



 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seLogin
welcome
Seja bem-vindo ao Evidences RPG. Já parou para imaginar uma Universidade Bruxa? A época de transição dos personagens da adolescência para a vida adulta. Misturado com suspense e drama, esse RPG mostra o mundo de J.K. Rowling visto por outra perspectiva. Junto com magia e suspense, Poor Caravell é uma ex-fortaleza para refúgio de guerra que guarda muitos segredos. Assassinatos, pistas, anagramas. Sua resolução? Não há. Quem terá de ser o detetive, desvendar as pistas e ver o que há por trás de vários assassinatos nesta Ilha, não será só o seu personagem, mas você também. Venha desvendar o jogo de códigos.
25/12/49
Tarde
.
Ano: 2049
Dia da Semana: Sexta-Feira
Mês: Dezembro
Lua: ------
Estação: Inverno
Previsão do Tempo e Ações do Período: A neve volta a cair sobre os terrenos da PCU. Um vento gélido sopra na direção sul, pouco convidativo a sair das Fraternidades. Finalização das ações da Manhã.
Duração do Período: 06 de Maio até 20 de Maio.
Parceiros:
Para tornar-se um parceiro deste fórum, entre com a conta Parceiro e envie uma MP para O Narrador com o link do fórum e um Button!
Últimos assuntos
» Modelo de Matrícula
Qua Jan 18, 2012 10:03 pm por Annabella M. Evans

» Matricular-se
Dom Jan 15, 2012 7:20 pm por Jaeky Phantaimes

» Minha Matricula
Ter Nov 15, 2011 3:05 am por Stela Turner

» Juliana Frick
Sab Out 01, 2011 1:01 am por Juliana Frick

» Ômega Kappa Quidditch
Ter Jul 26, 2011 6:57 am por Cream Cracker

» Nova Hogwarts!
Dom Abr 03, 2011 2:15 am por alexrommel

» Nova Hogwarts!
Sab Mar 12, 2011 4:40 am por Felipe S.

» Nova Hogwarts!
Sab Mar 12, 2011 4:38 am por Felipe S.

» Nova Hogwarts!
Ter Mar 08, 2011 8:46 pm por Felipe S.

» Duane Burbridge Allman
Dom Jan 16, 2011 2:58 pm por Duane Allman

» Freya Russell Mozart
Sab Dez 18, 2010 9:21 pm por Freya Russell Mozart

» CERINA IANEVSKI
Sex Out 15, 2010 11:30 pm por Cerina Ianevski

» Lenora Slater
Sex Set 10, 2010 9:36 pm por Lenora Slater

» Matricula Bruno Kusac
Ter Jun 15, 2010 6:03 pm por Bruno Kusac

» Layfávre;Katherina
Qua Jan 13, 2010 4:25 am por Katherina Layfavre

Todo o conteúdo deste fórum de RPG foi baseado no universo de J.K. Rowling, meramente adaptado para o jogo.
.
Todo o design feito por Joker e Didica, desde a base à edição. Todos os direitos reservados.
.
Evidences RPG - The Newborn Age

Compartilhe | 
 

 CRONOS PALLAS, Ártemis Victoria

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ártemis Cronos Pallas
3º Ano
3º Ano


Número de Mensagens : 40
Data de inscrição : 01/03/2009

MensagemAssunto: CRONOS PALLAS, Ártemis Victoria   Sex Mar 20, 2009 9:10 pm

The Player Behind The Character__

Player: Paulinha
Idade: 14 anos

Cidade: Floripa
Já jogou com a Equipe Dissendium antes? Não, foi tudo ilusão de ótica.
Como descobriu o Poor Caravell? Sem comentários.

The Character__

Important things about

Nome Completo: Ártemis Victoria Cronos Pallas
Idade: 20 anos
Data de Nascimento: 10/08/2029
Nacionalidade: Grega
Sangue: Puro
Particularidade: Gêmea de Apollo e magia sem varinha.
Photoplayer/Avatar: Rachel Bilson
Family and Others

Filiação: Gregório Cronos Pallas e Leto Coeus
Irmãos:
O irmão gêmeo Apollo Thomas e os meio-irmãos Afrodite, Hades, Katrina e Dimitri.
Outros Familiares: Os primos Dionísio, Ares, Adônis, Hermes, Órion e Atlas.
Família: Cronos Pallas
Fears & Defects


Manias: Girar os olhos quando acha algo ridículo, inútil ou errado, o que acaba acontecendo com certa freqüência, xingar em grego quando os palavrões ingleses não parecem feios o suficiente para a situação, outra coisa não muito rara; falar verdades demais, nunca foi boa em esconder o que pensa; não pensar meia vez no que está prestes a fazer; usar um pouquinho as pessoas; franzir o cenho quando está confusa ou pensativa; erguer a sobrancelha e dar um meio sorriso quando fala com sarcasmo; mostrar a língua como se tivesse 5 anos quando discordam dela.

Qualidades: Observadora; língua afiada (o que pode ser um defeito em situações inoportunas); inteligente, embora tenha um certo probleminha de evitar ter que se esforçar, o que inclui muito estudo; protetora, embora não seja muito cuidadosa com seus próprios atos.

Defeitos: Descuidada e impulsiva; tem pouco senso de quando e onde algo é inapropriado; se mete onde não foi chamada; levemente egoísta e egocêntrica; bastante cabeça-dura, se ela não estiver certa, ao menos você também estará errado.

Medos: A fúria do pai, embora disfarce e o provoque com palavras insolentes; que seus primos e irmãos não a considerem boa o bastante para eles; que Hermes se canse dos seus joguinhos e vá atrás de alguém melhor; as proporções dos planos do pai e do tio; perder contato, afinidade e principalmente o amor da mãe pela distância; que um dia tenha que se separar do irmão gêmeo; e o básico inevitável de perder alguém que ama e insetos, principalmente um pavor de baratas que vai além do nojo.

Sonhos: Não é do tipo muito sonhadora, prefere viver hoje e amanhã pensar no amanhã, mas sonha em voltar para a Grécia, para a mãe e para a terra natal.

Aspirações: Se tornar independente; ajudar a vingar a família; ser uma boa profissional; ter uma família dar a ela uma vida mais normal que jamais teve.
School Years


Academia de Magia: Hogwarts
Casa/Associação: Sonserina
Méritos Escolares: Monitoria

Curso desejado: Auror
NIEM's obtidos nas matérias do Curso:
Defesa Contra as Artes das Trevas - 6
Feitiços - 6
Poções - 6
Transfiguração - 5



Fraternidade desejada:
What doesn't kill you makes you stronger

Atributos pessoais
Força Física - 5
Inteligência - 8
Agilidade - 6
Reflexos - 6
Equilibrio - 6
Influência - 7
Popularidade - 5


To be continued...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ártemis Cronos Pallas
3º Ano
3º Ano


Número de Mensagens : 40
Data de inscrição : 01/03/2009

MensagemAssunto: Re: CRONOS PALLAS, Ártemis Victoria   Sex Mar 20, 2009 9:10 pm

Making a Memory

Na Grécia Antiga, há milhões de anos atrás, o mundo era dominado pelos Titãs, dentre eles dois que terão destaque especial nessa história: Cronos e Pallas. O reinado dos Titãs durou séculos, só teve fim quando o Deus grego Zeus pôs fim em toda a era de destruição, expulsando os Titãs.

Cronos e Pallas deixaram descendentes titãs no mundo antes do fim da destruição, e um destes, designado Actheos apaixonou-se por um ser do mundo inferior. Uma giganta do mundo mágico, para ser mais preciso. Diz a lenda que essa giganta teve um filho com o titã Actheos. A criança, apesar de obter força, agilidade e outros atributos de um titã, nasceu na forma de um humano gigante.

Sendo um gigante humano, teve uma vida comum no mundo inferior, até que apaixonou-se por uma humana, com a qual teve um filho, um meio-gigante, que décadas depois engravidou outra humana que enfim teve uma criança que nasceu na forma de um humano qualquer. Mas por trás daquela carinha frágil escondia-se uma super-força, super-agilidade e imortalidade, der um titã.
Seu nome era Gregorio. Gregorio Cronos Pallas, o descendente direto de Cronos. 10 anos mais tarde ouviu-se a notícia de que um novo garoto-titã estava para nascer. Era verdade. Athos Anthonyn Pallas, o descendente direto de Pallas havia nascido.

Imortais, poderiam escolher quando estabelecer a forma que usarão para representar a si mesmos pelo resto da eternidade até o fim dos tempos. Anos depois, Gregorio e Athos conheceram-se pessoalmente e tornaram-se amigos. Mas assim que Zeus chegou e destruiu o reinado dos Titãs, a raiva penetrou a cabeça dos dois. Não poderiam dizer que eram descendentes de titãs, pois seriam certamente expulsos também.
Então uma idéia de vingança rondava suas mentes. Certa hora foi inevitável que descobrissem que tinham super-força e agilidade, e foram expulsos da Grécia, e assim foram para a Inglaterra.

Foi só então que Gregorio e Athos descobriram que antes mesmo do nascimento de Gregorio um descentende de titã havia nascido na terra, muito antes, descendente da unção de uma Cronos com um Pallas e que já haveria séculos que poderia ter deixado descendentes jovens de titã em forma humana espalhados por todo o mundo.
E assim a família parecia poder se expandir, e foram descobertos muitos alunos inscritos em Hogwarts carregando o sobrenome Cronos Pallas. A primeira reação foi procurar um emprego na escola, de selecionadores, e o emprego lhes foi concedido.

Teriam a chance de encontrar outros descendentes de Cronos e Pallas na escola, e para pensar em um plano para final mente, em algum dia, voltar à Grécia e destruir aqueles que os expulsaram da sociedade e prenderam os titãs. Assim a era podia recomeçar.
Mas todos esses pensamentos eram escondidos por trás dos simpáticos e inocentes selecionadores Gregorio e Athos, dos quais ninguém poderia desconfiar.

Ártemis e o irmão gêmeo Apollo foram criados pela mãe, o que não era nenhuma novidade na família. Até os dez anos teve uma vida pacata em Drama, no nordeste da Grécia. Sua mãe, Leto, respondeu a ela questões básicas sobre o pai, seu nome e profissão, onde morava, mas não se aprofundava muito no assunto e com o tempo a menina aprendeu a não perguntar, mas sempre pensava no assunto, intrigada, e ficava surpresa com o desinteresse do irmão no assunto. Mais uma de suas diferenças. A mãe trabalhava e sustentava os três sem grande complicação e a garota ajudava na casa enquanto o irmão lia e ficava no seu canto, a pequena família se garantia sem a presença masculina de um pai, e ela era feliz assim, mas se preocupava que Apollo não fosse.

Ártemis e Apollo não eram exatamente o tipo de gêmeos idênticos, ou no mínimo parecidos, ele era loiro, ela era morena, ela era a lua e ele o sol, ela não continha suas opiniões e ele era tímido, mas tinham os mesmos olhos e podiam sempre se apoiar um no outro, sempre entendiam exatamente o que o outro sentia. Embora não admitisse e ainda que discutissem o tempo todo, Ártie sempre achou que não poderia ter sorte maior do que o irmão que tinha.

Quando Gregorio apareceu, ela não ficou nem um pouco satisfeita. Com seu gênio explosivo ela questionou todos os pontos sobre a mudança com o pai, uma madrasta e seus recém descobertos irmãos e se opôs completamente a idéia. Por fim a Leto concordou com o pai e Ártemis foi com ele, se sentido traída pela mãe e sem parar de reclamar por um minuto sequer. Ficava igualmente irritada quando Apollo simplesmente ficava parado, parecia não ligar nem um pouco para a situação, perguntava porque ele simplesmente ficava parado enquanto alguém que eles nunca tinham visto na vida os tiravam da cidade natal, os fazendo deixar a mãe sozinha, e o pior, ela concordando, mas ele se mantinha sereno e no final ela se acalmava nos olhos idênticos aos dela, ainda que não por muito tempo.

Passou algumas semanas sem responder às veementes cartas da mãe, mas depois de um tempo a saudade falou mais alto e ela a perdoou, escrevendo cartas imensas contando tudo que acontecia por lá e mandando o carinho dos gêmeos para ela, a distância.

A vida com Gregório era fácil. Não recebia muita atenção do pai, mas não se importava. Era cordial com os meios-irmãos e madrasta, mas a relação deles não ia muito além. Não gostava da idéia de outra mulher no papel de mãe para ela e se fosse mais expansiva talvez houvesse uma disputa de egos, então se mantinha calada, tentando ao máximo conter seus comentários cheios de ironia e sarcasmo, saber que os meios-irmãos poderiam muito bem ter respostas à altura era uma tentação ainda maior de abrir a boca. O gêmeo a observava em silêncio enquanto ela explodia quando estavam sozinhos, ele sentado e ouvindo com calma enquanto ela passava pelo quarto. Se ele não estivesse lá, com suas poucas palavras e os jogos de xadrez-bruxo, ela talvez tivesse explodido.

Leu praticamente todos os livros de mitologia da casa, o que não eram poucos, e ficou encantada com as histórias. Deu ao seu coelho, ganhado do pai que compensava a ausência com presentes, o nome de uma ninfa das montanhas depois de ler que a deusa Ártemis ganhara de Zeus uma corte de ninfas. Contou empolgada a história de Ártemis e Apollo, do nascimento e de Leto, de Órion e de toda a mitologia, embora tivesse certeza de que ele também sabia todas elas de cor.

O tempo de Gregório para tirá-los dos braços da mãe, inocente a toda essa loucura que era o mundo de Athos e do pai, parecia ter sido cronometrado. Não demorou muito mais que um ano para que os poderes dos gêmeos aflorassem. Já sabiam que eram bruxos, não era nenhuma novidade, já tinha passado da fase que todas as crianças tinham onde a magia simplesmente acontecia, sem explicação, sempre que tinham algum desejo ou sentimento forte, mas quando os poderes gregos apareceram era como se passassem por isso tudo de novo, porém com força, magia e poder duplicados. Ainda se lembrava da tarde em que os dois ficaram parados em uma sala de estar perto de seus quartos, apenas quietos, se encarando. A garota tinha olhos arregalados de surpresa e tentava abaixar com as mãos a jarra de água que o irmão estava fazendo levitar inconscientemente por sua surpresa retraída, enquanto o menino franzia o cenho enquanto murmurava palavras inaudíveis que ela pode ler em seus lábios como “não é possível...”. Gregório os explicou, alguns dias depois com um sorriso satisfeito, que eles eram capazes de realizar magia sem varinha, ambos.

O poder era estranho... Não era como praticar feitiços não-verbais, nos quais você deve se concentrar, pensar no feitiço, em sua palavra, no resultado final, era apenas algo muito mais rápido, você ordenava em sua mente, às vezes acompanhado de um movimento das mãos, dedos ou cabeça, que tal coisa acontecesse e acontecia, sem preocupações com o nome do feitiço ou se ele realmente existia. Era engraçado como os dois se completavam de modos estranhos, seus poderes tinham muito pouco efeito um no outro, uma vez que um poderia reverter em meio milésimo o que o outro acabara de fazer com a mesma quantidade de tempo, o que foi provado em uma discussão quando ela acidentalmente atirou um vaso na direção do irmão e ele, instantaneamente, o fez parar no ar.

Os dois entraram na Sonserina em Hogwarts e ela pôde suspirar aliviada de que não teria que se separar tanto do irmão. Foram alguns dos melhores anos de sua vida. Com o tempo no dormitório feminino ela descobriu que sua meia-irmã Afrodite podia ser uma grande amiga, assim como Selene e, entre os garotos, Órion, que havia se mostrado apenas cordial em casa, era o melhor amigo que podia encontrar e Hermes era... Com ele era diferente. Ele era calmo, mas respondia as suas provocações. Passou principalmente os dois últimos anos de escola brincando e provocando o garoto, para logo depois causar ciúmes nele com outro qualquer. Às vezes sentia que estava ganhando naquele jogo, às vezes sentia que apenas ela estava sendo enganada.

Seu último ano em Hogwarts trouxe situações inesperadas. Hades e Hermes começaram a agir de modo estranho, o modo típico de quem tem um segredo pesado para carregar. Poucos meses depois a família foi informada de que Gregório tinha uma doença irreversível, se sentiu culpada por não se abalar tanto com a morte futura do pai, nunca foram muito próximos. Além das más notícias, dois novos membros foram adicionados a nada pequena família, Katrina Perséfone e Dimitri. Não pode realmente dizer que foi muito receptiva, não seria verdade, ela apenas os tratou como... Paisagem. Não demorou muito para que o pai morresse, não pôde evitar sofrer com a perda da única figura paterna que teve, mas não foi algo que realmente a mudou ou deixou alguma cicatriz permanente. Era como perder alguém que você conheceu de vista, mas que sabe que deveria ter tido alguma proximidade, ou algum sentimento.

Na Poor Caravel University decidiu pelo curso de Auror, o único que parecia propor desafio e alguma ação, além de muita utilidade para o que fosse que acontecesse com os gregos. Foi para a mesma fraternidade que todo o resto da família e passou a dividir o quarto com Afrodite.

E é aí que a história realmente começa, no ano de 2049 na CPU.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
CRONOS PALLAS, Ártemis Victoria
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A filha de Ártemis .
» Como ser uma caçadora de Ártemis.
» 1ª Guerra Contra Cronos!
» Percy Jackson e os Olimpianos: O retorno de Cronos.
» Cataratas Victoria

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Evidences RPG  :: Arquivo Matrículas-
Ir para: